Se você não sabe lidar com as suas limitações

Autoconfiança é mais do que autoestima!

Autoconhecimento, autopercepção, autoconsciência: todos esses conceitos estão ligados a uma sabedoria própria e interna de cada pessoa e influenciam direto na sua autoconfiança. A autoestima, que muitas vezes também é associada a este último conceito, é posterior a todas essas análises pessoais.

É por isso que um indivíduo autoconfiante é muito mais do que uma pessoa com boa autoestima. A confiança em si próprio exige não só a aceitação de como você é, mas um compreensão de tudo aquilo que te constrói, sejam qualidades, defeitos, manias, pontos fortes ou pontos fracos.

No ambiente profissional, essa questão é ainda mais relevante, uma vez que somos contratados pelas nossas habilidades, mas também precisamos lidar com nossas limitações. Para isso, o coaching auxilia com o processo de autodescoberta e autoconhecimento, permitindo assim uma evolução pessoal e profissional.

Se você precisa aprender a gerir pessoas

Liderança: será que você pode?

Liderar ou gerir pessoas envolve algo além do conhecimento técnico ou formação profissional. Ser o comandante de uma equipe exige não só o conhecimento próprio de quem você é, mas também uma compreensão dos outros que o cercam.

Por conta disso, uma análise comportamental feita através do coaching é fundamental. Um bom líder sabe lidar com diferentes situações, problemas, pessoas e decisões. Não existe um padrão de comportamento para cada pessoa nem para cada situação, por isso, percepções e compreensões sobre o seu contexto constituem um bom líder.

Indecisão e receio são outros obstáculos que um gestor pode enfrentar, mas trabalhando suas habilidades é possível “driblá-los” e usá-los a seu favor.

Se você tem dificuldades para dialogar

Comunicação vai além de ser bom com palavras

Uma boa comunicação interpessoal é fundamental para o bom funcionamento de uma equipe. Por isso, é importante que exista clareza não só nas conversas horizontais mas também nas verticais.

Somado a isso, destaca-se também a importância de um feedback feito de forma consciente e bem estruturado. Críticas construtivas fazem parte da cultura organizacional e podem ajudar no desenvolvimento pessoal. No entanto, é essencial ter uma visão geral da equipe e de cada indivíduo para saber o momento exato de dar os feedbacks.

Se você precisa tomar mais iniciativas

Pró-atividade: ou você tem ou você desenvolve!

A pró-atividade e a coragem de tomar iniciativas são características que nem sempre são inerentes a todos. Porém, esses aspectos podem ser trabalhados e desenvolvidos uma vez que se tem conhecimento próprio sobre cada um dos seus atributos.

O medo de tomar decisões, solicitar mudanças, fazer reclamações ou até falar o que pensa são atitudes comuns de pessoas com pouca autoconfiança. E é nesse momento em que um acompanhamento com coaching pode tornar mais fácil essa autopercepção e conhecimento próprio que auxiliam no desenvolvimento da autoconfiança.

Se você está infeliz com sua carreira

72% das pessoas estão infelizes com suas carreiras

É extremamente importante começar a repensar sobre como as atitudes impactam no ambiente profissional e quais são as consequências delas em relação à felicidade no trabalho.

Muitas pessoas dizem acordar sem vontade de ir para o trabalho, têm dificuldade em se relacionar com seu gestor ou colegas. Alguns dizem ainda que o trabalho sob pressão, a sobrecarga e a falta de valorização são variáveis que afetam diretamente a performance e a motivação.

O processo de Coaching pode trabalhar na reflexão desses comportamentos e viabilizar alternativas de superar e solucionar essas situações, permitindo gerar novas escolhas para ser mais feliz em sua carreira.

Coaching: A confiança que você precisa para alcançar seus objetivos!