O que é autossabotagem?

autossabotagem

Saiba o que é a autossabotagem e como isso pode interferir no seu desempenho no trabalho.

Tem dias que você acorda com aquele pequeno arrependimento de não ter feito algo para alcançar o que você mais queria? Você reparou no quanto isso é presente na sua vida ou em quais momentos isso acontece?

Vou te dar um exemplo para ficar mais fácil:

Você identificou que precisa deixar de postergar as atividades mais chatas do seu dia a dia de trabalho, mas no final do dia você avalia que continua repetidamente postergando, adiando. Por mais que você saiba que seu desempenho vai ser melhor fazendo as atividades mais chatas antes, você protela e vai deixando para depois, até um momento que você precisa entregar a atividade e sai apagando incêndio e atrasa todas as demais demandas que você tem.

Sabe o que é isso? De alguma forma você se autossabota. São atitudes conscientes, mas motivação inconsciente.

Mas o que é isso? Quer dizer que você tem consciência de que precisa fazer aquela coisa chata, mas a motivação que te leva a postergar é inconsciente.

A mente faz isso porque de certa forma ela quer te proteger.

Quando você sente medo, por exemplo, e precisa fazer algo que vai te tirar extremamente da zona de conforto, você pode se sabotar para se manter na zona de conforto e não enfrentar esse medo e novos desafios.

Aí você pode me perguntar: eu realmente quero alcançar aquela determinada coisa. Não é possível que eu me autossaboto! Isso é verdade?

Sim, primeira coisa: você faz isso porque o ganho do que você deseja não é imediato. Então quando você pensa em sair da zona de conforto para buscar algo que lhe causa medo, às vezes a sua mente vai direcionar você para o ganho imediato e não para o medo e então você se sabota.

Além disso, se manter na situação lhe proporciona um ganho secundário. Por mais que você acredite que não ganha nada se mantendo na mesma situação, você está recebendo algo de volta que lhe causa algum “bem” e por isso você se mantém nesse ciclo. Concorda que se só tivessem perdas você não se manteria na zona de conforto?

Aí você também pode se questionar: eu faço isso? Eu me autossaboto?
Vamos pensar na resposta juntos.

Peço que você pare um minuto e identifique algo que você deseja muito, mas que você não está alcançando. E mais, pense nas ações que você tem em relação a esse objetivo. Você começa a ver problemas que lhe fazem desistir da ação que você iria tomar? Você deixa para amanhã e vai empurrando e acaba não fazendo?

Se você respondeu positivamente as perguntas, é porque você pode estar se autossabotando sim.

Como “escapar” da autossabotagem

Para conseguir sair de tudo isso é importante você identificar a real motivação para alcançar o que você tanto deseja. A motivação servirá de alavanca para te manter na busca do que você realmente quer. Ela também te mobilizará nesse processo de sair da zona de conforto e enfrentar os medos, mesmo que inconscientes.

Sugiro que você escreva o objetivo que quer alcançar e qual é o motivo que te fez querer esse objetivo. Dessa forma, você poderá ler o porquê dessa busca de algo novo quando vier aquela “vozinha” interna dizendo: “deixa para amanhã”.

Quando você realmente lembrar de como é mais importante alcançar o que você deseja do que se manter no medo, você terá forças para a realização.


Evite a autossabotagem! Conte com a Viva!

Na Viva Desenvolvimento Humano, trabalhamos suas motivações e seus pontos fortes e fracos para que seus objetivos estejam cada vez mais próximos de serem realizados. Entre em contato e saiba como!